Exames Clínicos Ocupacionais

Impedanciometria

De grande utilidade para identificar otites catarrais crônicas, o exame de Impedanciometria envolve a Timpanometria e a pesquisa do Reflexo estapédico.
A Timpanometria é usada para diferenciar as patologias condutivas entre si. Além disso, também permite a interferência sobre o funcionamento da tuba auditiva. Já o Reflexo estapédico é um estudo que leva em consideração a mudança da impedância do aparelho tímpano-ossicular mediante a contração do músculo do estribo.

Finalidade:

O exame de impedanciometria é utilizado também na avaliação da audição juntamente com a audiometria. Ele serve para verificar a integridade e mobilidade da membrana timpânica e dos pequenos ossos que são responsáveis por transmitir o som para o nervo auditivo. É um exame que não traz qualquer tipo de desconforto para o paciente, e é de extrema importância para os diagnósticos nas perdas auditivas.

Procedimento:
O teste é realizado pela colocação de uma pequena sonda no conduto auditivo externo de um dos ouvidos e um fone no outro. Essa pequena sonda contém um sistema que injeta e remove pressão, um pequeno canal que fornece estímulo sonoro e outro que, conectado a um registrador no aparelho, avalia o grau de deslocamento do sistema tímpano-ossicular, em resposta à variação de pressão ou ao estímulo sonoro.

Preparo:

Estar com os ouvidos e condutos auditivos limpos.
Repouso auditivo. Evitar sons muito altos por 14 horas antes do exame.

Fotografias

Voltar