Exames Clínicos Ocupacionais

Audiometria Tonal e Vocal

A Audiometria é uma avaliação essencial para identificar anormalidades auditivas de qualquer espécie. É realizada somente por um fonoaudiólogo ou otorrinolaringologista, pelo fato de serem esses os profissionais habilitados a orientar corretamente todas as etapas de desenvolvimento do procedimento, e através de Audiometro Computadorizado em cabine acústica, aparelho que detectar as alterações auditivas. O resultado desse exame é expresso em um audiograma, que, por sua vez, é um gráfico pelo qual as capacidades auditivas do paciente são reveladas.
Os principais tipos de audiometria são a audiometria tonal, que é considerado um teste subjetivo para avaliar o grau e o tipo de perda auditiva, e a audiometria vocal, que avalia a habilidade do paciente perceber e reconhecer os sons da fala.

Finalidade:

A audiometria possibilita analisar de forma quantitativa o que o paciente escuta, o que compreende e do que se fala ou ouvi, detectando assim alterações auditivas. Permite, ainda, classificar a perda quanto ao tipo e grau, orientando medidas preventivas e/ou evitando o agravamento do quadro. Além de fornecer dados para indicação de aparelhos auditivos e detecta problemas auditivos

Procedimento:

O profissional irá emitir tons puros em diferentes intensidades e frequências, através do uso de um fone devidamente posicionado. A audiometria inclui testes de reconhecimento de fala (discriminação vocal), limiar de reconhecimento de fala (SRT) e limiar de detecção de voz (LDV).

Preparo:

Estar com os ouvidos e condutos auditivos limpos.
Repouso auditivo (Evitar sons muitos altos por período prolongado.
Exemplo: exposição à caixas acústicas, fones de ouvido etc.)
Obs.: Evitar fazer o exame caso esteja resfriado ou com dor de ouvido.
Obs.: Importante trazer exame anteriores, caso tenha.

Fotografias

Voltar